Transforma Música

QUEER VIEW: MOSTRA DE VIDEOCLIPES
DE ARTISTAS INDEPENDENTES LGBTQIAP+

Quais as narrativas queer pulsam Brasil afora agora?

Que corpos protagonizarão a busca pelos afetos revolucionários?

Pode o audiovisual alterar a maneira como as minorias se enxergam e se subjetivam?

A mostra de videoclipes Queer View surge como um espaço de visibilidade e valorização da produção audiovisual de artistas dissidentes brasileiros que abordam temas relacionados à corpo, tecnologia, gênero, sexualidade, precariedade e loucura, entre outras dissidências, e busca ampliar as vozes e olhares que transitam em universos subalternos, minoritários e periféricos, dando espaço para a pluralidade de experiências e trajetórias que compõem o mosaico queer e transviado nacional.

Em Queer View, o corpo é celebrado tanto por sua potência quanto por sua poética na vulnerabilidade, reforçando a importância da auto expressão e da autonomia sobre si. O gênero é ressignificado em suas múltiplas possibilidades, rompendo com a lógica binária que por tanto tempo exclui e marginaliza as dissidências. A sexualidade é vivenciada de forma livre e não normativa, reconhecendo a importância da pluralidade de formas de amar e ser. Apreciamos o caos poético de cada obra, reconhecendo a importância da diversidade e da subjetividade que caracterizam as vivências queer brasileiras.

Queer View é uma ação do projeto Transforma Música em parceria com o site de música independente Hits Perdidos, que desde 2017 publica mensalmente listas de clipes produzidos por artistas de todo o país, e tem apoio do Centro Cultural Olido. A proposta curatorial abrange uma variedade de estilos e linguagens que contemplam as particularidades e subjetividades de cada artista. Nessa perspectiva, os videoclipes selecionados trarão consigo um olhar atento para a diversidade de narrativas, estilos, sonoridades e performances que caracterizam o universo queer brasileiro. Serão selecionados 60 vídeos de artistas de todo o país.

 

As inscrições acontecem entre 17 e 31 de maio, através deste link. Não deixe de conferir o regulamento.


A mostra acontece de 9 e 23 de junho, na Vitrine Multimídia do Centro Cultural Olido. Av. São João, 473, Centro. De terça a sexta das 10h às 21h, e aos sábados e domingos das 13h às 20h. Programação gratuita.